- Na triagem neo-natal;
- Na criança com atraso de fala;
- No topodiagnóstico das perdas neurosensoriais (coclear x retrococlear);
- Na hidropsia endofálica;
- Na medicina/audiologia ocupacional.